Soft skills: o que são e como desenvolvê-las na carreira profissional?

Sem tempo para ler? Clique no play abaixo para ouvir esse conteúdo.

As soft skills podem ajudar profissionais qualificados a conseguirem excelentes oportunidades no mercado de trabalho, mas também podem fazer com que profissionais com vasto conhecimento em sua área de atuação não consigam evoluir dentro das empresas.

Veja neste artigo como desenvolver soft skills para crescer na carreira!

O que são soft skills?

As soft skills são habilidades que não se relacionam com os conhecimentos técnicos de uma pessoa. 

Um instrutor de autoescola, por exemplo, pode conhecer todas as leis e diretrizes do trânsito, mas não saber ensinar e lidar com o nervosismo dos alunos.

Nesse caso, faltam a ele soft skills, que são habilidades voltadas ao conhecimento sobre o comportamento humano e as relações.

Algumas soft skills muito importantes são:

  • Saber ouvir as pessoas;
  • Ter facilidade para expressar ideias;
  • Ter uma atitude positiva em relação aos desafios;
  • Empatizar com os sentimentos dos outros;
  • Ter pensamento crítico com foco em buscar soluções;
  • Ter inteligência emocional para lidar com frustrações.

Soft skills no mercado de trabalho

No mercado de trabalho, as soft skills são muito desejáveis em um candidato, afinal, o conhecimento técnico pode ser desenvolvido de diversas formas. 

Um líder do segmento de tecnologia pode fazer inúmeros cursos, ler livros técnicos e até mesmo aprender na prática as questões relacionadas à sua área de atuação.

Porém, se ele não consegue liderar bem a sua equipe, comunicar-se de forma clara e objetiva, passar bons feedbacks e respeitar a diversidade dos seus liderados, ele provavelmente não será um profissional desejado pelas empresas.

Como desenvolvê-las?

Para desenvolver as soft skills, os profissionais devem começar tendo a mente aberta para refletir sobre quais são os pontos de melhora da sua personalidade. 

Uma pessoa que é muito impulsiva pode tentar ponderar as situações com mais calma e avaliar todas as possibilidades previsíveis antes de tomar decisões.

Alguém que é muito individualista pode começar reconhecendo essa característica para se esforçar mais em ser colaborativo quando for colocado em projetos que demandam o trabalho em equipe.

Além disso, é importante solicitar feedbacks de colegas e superiores. Conversar com alguém da equipe de Recursos Humanos da empresa pode fazer com que novas descobertas e oportunidades surjam para o desenvolvimento das soft skills.

Vantagens 

No mercado de trabalho, as soft skills contam muitos pontos para ser escolhido para uma vaga de trabalho – e, o mais importante, para permanecer nessa vaga, com possibilidades de promoção e reconhecimento da empresa.

Quem desenvolve soft skills relacionadas à comunicação, trabalho em equipe, liderança, flexibilidade, resiliência, proatividade, ética, otimismo, empatia e inteligência emocional, por exemplo, tende a ser um ativo de valor inestimável para as empresas em que atuam.

Além disso, as pessoas que possuem boas soft skills podem não só conseguir boas oportunidades na carreira, mas também ter uma qualidade de vida melhor em relação à família, amigos, relacionamentos e muitas outras áreas.
Se você gostou do conteúdo, continue no site da Flash e saiba mais sobre benefícios flexíveis!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.