Saiba por que a saúde organizacional é importante para a sua empresa

A saúde organizacional é uma das partes mais importantes de um negócio. É por meio desse conceito que as empresas oferecem boas condições de trabalho para seus colaboradores, de modo a prevenir que eles desenvolvam doenças ocupacionais e problemas relacionados à saúde mental, como a síndrome de burnout, por exemplo.

As práticas aplicadas à saúde organizacional são voltadas ao dia a dia das equipes, envolvendo desde a ergonomia até a definição da jornada de trabalho. Tudo é feito para melhorar a produtividade e, ao mesmo tempo, proporcionar qualidade de vida e bem-estar aos colaboradores.

Continue a leitura para entender mais sobre saúde organizacional!

Importância de implantar a saúde organizacional 

Quanto melhor é a saúde organizacional de uma empresa, mais produtivos e engajados com os objetivos do negócio são os colaboradores. Isso faz com que a empresa consiga melhorar seus resultados, reter talentos, reduzir o turnover e o absenteísmo e ainda reforçar a sua marca empregadora no mercado.

Além disso, conforme o Índice de Saúde Organizacional da McKinsey, as ações de saúde organizacional das empresas podem fazer com que seu retorno financeiro seja aumentado em até três vezes, ampliando o valor e a presença das empresas no mercado.

Entenda mais sobre o que é absenteísmo.

Como medir a saúde organizacional 

Para medir a saúde organizacional, é preciso ouvir o que os colaboradores têm a dizer. Isso pode ser feito por meio de pesquisas de clima, employee Net Promoter Score (eNPS) e com a utilização de indicadores de performance, saúde e rotatividade.

O mais importante aqui é se atentar às necessidades que os colaboradores exteriorizam. Se a empresa percebe, por meio de um indicador, que os profissionais estão mais lentos, estressados e desmotivados, pode ser o momento de fazer um investimento em saúde mental, por exemplo.

Dicas de como melhorar a saúde organizacional 

Para melhorar a saúde organizacional de uma empresa, é preciso considerar a motivação dos colaboradores, o engajamento, o ambiente de trabalho e as relações entre os colegas de trabalho. 

Tudo isso pode ser pensado com a ajuda de algumas estratégias:

Clima organizacional

O ideal é começar fazendo uma pesquisa de clima organizacional para avaliar a motivação, a satisfação e o engajamento dos colaboradores. 

Por meio das informações obtidas na pesquisa, os gestores podem ter bons insights para começar a desenvolver um plano de ação para melhorar a saúde organizacional da empresa.

Desenvolvimento

Uma das melhores formas de engajar um colaborador é mostrando o quanto ele é importante para a empresa. Para tal, é possível oferecer cursos de desenvolvimento profissional para as equipes! 

Isso pode ser feito por meio de parcerias com instituições, mas a forma mais prática e eficiente de oferecer desenvolvimento para os colaboradores é pelos benefícios flexíveis. Eles permitem que o profissional tenha autonomia para definir de qual forma deseja se desenvolver.

Basta montar uma cartela de benefícios que contenha um valor específico para que o colaborador faça isso. Ele pode optar por fazer um curso de especialização, uma pós-graduação ou um curso para aprender um novo idioma, por exemplo.

Investimento

Por fim, grandes mudanças significativas na saúde organizacional podem precisar de algum investimento. 

Esse investimento pode ser em tecnologia de automação. Softwares desse tipo, por exemplo, ajudam a empresa a automatizar processos e tiram uma parte da carga de tarefas burocráticas e repetitivas dos colaboradores.

Gostou do conteúdo? Continue no blog da Flash para saber mais sobre benefícios corporativos flexíveis!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.