Saiba mais sobre fit cultural e como avaliar o candidato

Toda empresa tem a sua própria cultura, formada por seus valores, objetivos e comportamentos que espera de seus colaboradores. Dessa forma, o fit cultural faz parte dos processos de seleção e recrutamento, sendo uma etapa fundamental para entender mais se o candidato “combina” com a empresa.

Neste artigo, falamos mais sobre o tema, conheça seus benefícios e como fazer a análise!

Entenda o que é fit cultural

O que é fit cultural?

Na etapa de fit cultural, o candidato já passou por algumas outras etapas que avaliam seu currículo ou até mesmo fez um teste demonstrando que está apto a exercer determinada função. Assim, agora só resta saber se ele dá “match” com os valores e propósitos da empresa.

Para fazer isso, é possível fazer perguntas ao candidato em uma entrevista presencial ou em videochamada, e até mesmo enviar um questionário para o seu e-mail. Ao final, se ocorrer o “match”, o candidato, muito provavelmente, é uma boa aquisição para o quadro de colaboradores da empresa.

Benefícios de avaliar o fit cultural 

O fit cultural, além de trazer pessoas mais parecidas com o perfil da empresa, também ajuda a reduzir o turnover. Um colaborador que tem os mesmos valores e trabalha com a empresa para alcançar objetivos que valoriza como seus, tem muito menos chance de sair da empresa.

Outro benefício é o aumento da eficiência do colaborador. O profissional que dá um bom “match” com a empresa no processo tende a contribuir mais com os times e, consequentemente, com o sucesso da empresa, além de favorecer o clima organizacional.

Por fim, vale a pena ressaltar que um fit cultural bem-feito geralmente traz colaboradores mais comprometidos, motivados e engajados com os objetivos da empresa. Afinal, ao partilhar dos mesmos valores, eles sentem que trabalham com um propósito maior, e não apenas para receber a sua remuneração.

Como analisar ?

Para analisar o fit cultural dentro de um processo de seleção e recrutamento, é preciso, antes de mais nada, reconhecer quais são, de fato, os valores, objetivos e propósitos da empresa. Isso pode ser feito por meio de uma análise de comportamento dos colaboradores, das ações mais relevantes da empresa e do perfil das lideranças.

Depois disso, é hora de saber do candidato se ele realmente combina com a empresa. Isso é feito com perguntas feitas em uma entrevista ou por um questionário. Normalmente, essas perguntas são realizadas na parte final do processo de seleção e recrutamento, mas algumas empresas fazem o fit cultural logo no começo.

Algumas perguntas interessantes para fazer no fit cultural são:

  • Você gosta de trabalhar em equipe ou sozinho?
  • Como você prefere que lhe sejam passados os feedbacks?
  • O que você mais gostava no seu último trabalho?

Todas as perguntas devem ter um objetivo e, antes de fazer essas perguntas ao candidato, é preciso que a empresa já saiba que tipo de resposta combina mais com a empresa.

Gostou do conteúdo? Então continue no site da Flash para saber mais sobre benefícios flexíveis!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.