Home office híbrido e trabalho remoto: conheça mais sobre esses regimes

Para criar uma política de home office híbrido, é preciso que as empresas se adequem à legislação e às necessidades dos colaboradores. 

Com tantas incertezas sobre o fim da pandemia, é muito provável que o modelo híbrido venha para ficar e, por isso, o desenvolvimento de estratégias para utilizá-lo já é muito importante.

Continue a leitura e saiba mais sobre o home office híbrido e o trabalho remoto!

O que é trabalho híbrido? 

O modelo híbrido é aquele em que a jornada de trabalho é cumprida tanto na sede, loja ou escritório da empresa quanto remotamente, especialmente em home office. 

Essa forma de trabalho tem ganhado destaque nos últimos anos por conta da pandemia, que trouxe a necessidade de as empresas atuarem remotamente para respeitar as regras de isolamento social e preservar a saúde de seus colaboradores.

Como a pandemia de Covid-19 alterou o modelo de trabalho?

A pandemia de Covid-19 fez com que o trabalho híbrido começasse a ser cogitado. Para as empresas que não desenvolvem atividades essenciais, o momento pandêmico foi o marco de transição para o home office.

O modelo remoto deu tão certo que a tendência é que ele se mantenha nos próximos anos. Para se ter uma ideia, uma pesquisa da Gartner identificou que mais de 80% das empresas desejam seguir com o home office depois da pandemia.

A grande questão é que o contato com os colegas de trabalho e com os gestores pode ser muito importante para parte dos colaboradores, seja pela sua personalidade ou pela natureza da atividade exercida. Por isso, a projeção é que o modelo híbrido continue e também comece a fazer parte do dia a dia de muitas empresas.

Diferenças entre home office híbrido e teletrabalho

Tanto o home office quanto o teletrabalho são modelos em que o colaborador não exerce suas atividades na empresa, mas sim em casa ou no local que achar melhor.

A grande diferença entre os dois modelos é que no home office há uma jornada definida de trabalho, com horário para começar e terminar, a qual é controlada pela empresa. Já o teletrabalho não possui esse controle de jornada por parte da empresa.

Legislação e trabalho remoto 

O home office já está previsto na legislação brasileira há uma década, com a Lei n.º 12.551 de 2011, que previa os mesmos direitos do colaborador que atuava de modo presencial para os colaboradores que atuam em home office. 

Porém, em 2017, a reforma trabalhista trouxe a regulamentação do teletrabalho da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT). A modalidade de teletrabalho deve constar expressamente no contrato de trabalho, juntamente com as atividades exercidas pelo colaborador. 

Além disso, a CLT prevê que, caso o colaborador tenha que comparecer à empresa para realizar atividades específicas, isso não desconfigura o teletrabalho. 

Criação de uma equipe híbrida 

Para criar uma equipe híbrida de sucesso, a empresa deve incentivar essa prática de trabalho para que os colaboradores se sintam confortáveis para executá-la. Uma forma de fazer isso é por meio dos benefícios flexíveis!

Esse tipo de benefício dá mais autonomia e liberdade para que os colaboradores possam trabalhar em casa, com a ajuda do Auxílio Home Office, por exemplo. 

Para o trabalho presencial, os colaboradores podem receber um benefício de mobilidade, que pode ser utilizado para o transporte público, aplicativos de transporte ou até mesmo para colocar combustível em seus veículos. 

Dessa forma, desde que os benefícios atendam às necessidades dos colaboradores, o trabalho híbrido pode ocorrer de forma natural e com uma ótima produtividade.

Vantagens do modelo híbrido 

Algumas das vantagens do trabalho híbrido são a diminuição do tempo gasto para se deslocar de casa para o trabalho e vice-versa, a redução dos custos com a infraestrutura do escritório para a empresa, a otimização da gestão do tempo e o ganho aliado ao aumento de autonomia dos colaboradores. 

Saiba mais sobre o home office híbrido:
+ Modelo híbrido de trabalho e o futuro


Continue no site da Flash para saber mais sobre os benefícios flexíveis!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.