Skills necessárias para os novos modelos de trabalho

Ampliar as capacidades faz parte da jornada de qualquer colaborador que deseja crescer dentro da empresa em que atua, especialmente com a evolução dos modelos de trabalho. É preciso buscar conhecimento técnico por meio das hard skills e conhecimentos sociocomportamentais, os quais são desenvolvidos ao longo da vida pessoal e profissional.

Veja neste artigo o que são essas habilidades

Hard skills e soft skills necessárias para os novos modelos de trabalho

O que são hard skills e soft skills? 

O termo skill pode ser traduzido para o português como habilidade. No mercado de trabalho, significa as áreas de maior aptidão e conhecimento de um profissional. Idealmente, a regra é: quanto mais hard skills e soft skills compatíveis com o que a empresa busca, maior é a chance de o candidato ser contratado.

Soft skills 

As soft skills são as chamadas habilidades sóciocomportamentais dos colaboradores. Elas, diferentemente das hard skills, são muito difíceis de mensurar e ainda mais difíceis de identificar durante um processo de seleção e recrutamento.

Entretanto, para o profissional de RH mais atento à percepção dessas habilidades, que faz entrevistas de emprego e aplica dinâmicas de grupo, por exemplo, elas fazem toda a diferença no momento de fazer uma contratação. 

É possível ter uma predisposição para elas e naturalmente demonstrá-las no ambiente de trabalho ou aprender essas habilidades com as experiências e desafios superados ao longo da vida.

Exemplos de habilidades para serem trabalhadas 

As habilidades mais procuradas pelo mercado de trabalho e que merecem destaque são:

Todas essas são muito importantes para qualquer profissional, já que a dinâmica das empresas normalmente não envolve o trabalho apenas individual, mas sim entre equipes, o que requer habilidades sociocomportamentais.

As hard skills são aquelas que pautam o conhecimento técnico de um colaborador sobre determinado assunto. Essas habilidades podem ser mensuradas com facilidade, seja pela avaliação do dia a dia do profissional, por meio de provas ou até com documentos oficiais, como diplomas acadêmicos e certificados.Outro ponto interessante sobre as hard skills é que elas podem ser ensinadas com a ajuda de cursos, treinamentos, workshops ou na faculdade. Por conta disso, aparecem em massa nos currículos de candidatos e nos requisitos obrigatórios de diversas vagas de emprego.

Exemplos de hard skills para serem trabalhadas 

Os exemplos variam de acordo com a área de atuação do colaborador. Podem ser conhecimentos em:

  • Informática;
  • Linguística;
  • Matemática;
  • Análise e interpretação de dados.

Todas essas competências podem ser trabalhadas para que o colaborador evolua na sua carreira profissional. Empresas que proporcionam benefícios flexíveis podem oferecer, dentro do pacote, benefícios relacionados ao desenvolvimento do colaborador. 

Assim, ele pode trazer mais resultados para a empresa e ainda escolher de qual forma deseja buscar o conhecimento sobre determinado assunto com flexibilidade e autonomia.
Continue no site da Flash para saber mais sobre benefícios corporativos flexíveis!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.