Descubra o que são gaps de competência

Nenhum colaborador é perfeito, mas algumas vezes as lacunas em suas habilidades podem prejudicar o desenvolvimento de sua carreira e a performance da empresa no mercado. Quando isso acontece, o setor de Recursos Humanos (RH) deve ser acionado para identificar esses gaps e resolvê-los da melhor forma possível. Continue a leitura e saiba tudo sobre os gaps de competência!

gap de competência

O que são gaps de competência

Competências são as habilidades dos colaboradores, as quais podem ser técnicas, de conhecimento ou até mesmo comportamentais. Gap, termo em inglês, significa lacuna, de modo que um gap de competência é a falta de alguma habilidade por parte do colaborador.

Muitas vezes, essa lacuna pode ser facilmente preenchida com cursos, treinamentos ou pela própria experiência que o colaborador vai ganhando ao longo do tempo. Porém, em outros casos, é preciso que a empresa elabore um trabalho mais focado e específico para ajudar o colaborador a adquirir a nova habilidade.

Exemplos

Um bom exemplo de gap de competência pode ser visto no setor de Tecnologia da Informação (TI) quando um desenvolvedor é tecnicamente excelente na sua função, mas acaba não conseguindo se comunicar da melhor forma. Nesse caso, o gap de competência é a dificuldade de comunicação do profissional.

Outro exemplo pode ser de um gestor da área de tecnologia excelente em diversos aspectos ligados à liderança das equipes, mas que não recicla seus conhecimentos com o passar dos anos. Isso faz com que ele fique um pouco desatualizado em relação às inovações do mercado e possa acabar prejudicando a empresa nesse quesito.

Como os gaps de competência podem ser identificados 

Para identificar os gaps de competência, é importante acionar o setor de RH da empresa. Esses profissionais devem mapear as habilidades esperadas dos colaboradores de cada função ou área da empresa para só então começar a avaliar os gaps individualmente.

Essa avaliação pode ser feita por meio de questionários, diálogo com os líderes, conversas com o próprio colaborador e, especialmente, com a ajuda da tecnologia. A equipe de RH pode contar com softwares de mapeamento de competências, por exemplo, que cruzam as habilidades do colaborador com a descrição do cargo que ele ocupa.

Como esses gaps podem ser preenchidos

Para preencher um gap de competência, é importante entender, antes de tudo, que eles são absolutamente normais. Desde que não sejam muito profundos, os gaps podem ser resolvidos pela empresa e pelo colaborador antes de cogitar um eventual desligamento.

Para os colaboradores que possuem habilidades de conhecimento e comportamento, mas contam com gaps de competência relacionados à entrega de resultados, é possível que o problema esteja na motivação e no engajamento. 

Dessa forma, uma ótima opção é oferecer benefícios flexíveis, como os da Flash! Com uma solução de benefícios que se adequa diretamente às suas necessidades, os colaboradores se sentem mais valorizados, ficam mais produtivos e valorizam ainda mais a sua posição na empresa.


Gostou do conteúdo? Então continue no site da Flash para saber mais sobre os benefícios flexíveis!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.