RH

O que é feedforward? 6 passos para aplicar corretamente

Por Alice Maneschy · 9 nov 2023
Compartilhe
Imagem não encontrada
Imagem não encontrada
Imagem não encontrada

O feedback é uma prática amplamente reconhecida e essencial no ambiente corporativo. Essa técnica de gestão de pessoas é utilizada principalmente por líderes e profissionais de RH interessados em aprimorar o desenvolvimento profissional dos colaboradores. Nesse contexto, surgem outras abordagens igualmente importantes, como é o caso do feedforward.

Você sabe o que é feedforward e como esse conceito funciona? De forma geral, feedforward é uma técnica utilizada para fornecer orientações antes da realização de uma ação ou projeto.

Diferente do feedback, que é fornecido depois do acontecimento, o feedforward é um alinhamento de expectativas para aprimorar os resultados de eventos que virão a acontecer. O principal objetivo do feedforward é evitar problemas ou erros antes que eles aconteçam. Isso se dá a partir de uma abordagem proativa.

Assim, o feedforward visa maximizar a eficácia e otimizar os resultados de uma ação, projeto ou comportamento. A partir dele, os gestores focam no futuro e orientam o colaborador – ou a equipe inteira – a olhar para frente antes da execução.

O que é feedforward? Conheça a história por trás do conceito

Criado pelo renomado autor Marshall Goldsmith, especialista em técnicas de coaching e em pesquisas sobre desenvolvimento pessoal, o termo feedforward pode ser traduzido como “olhar para frente”, “avançar” ou “olhar adiante”.

A ideia é fornecer informações, insights ou conselhos antes que uma situação ocorra. Dessa maneira, é possível preparar melhor os profissionais e incentivá-los a alcançar resultados mais eficazes.

O feedforward está atrelado à prática de realizar perguntas específicas, que visam desenvolver a melhoria de campos profissionais e aprimorar os pontos que já são fortes em um colaborador. Ou seja, é uma técnica que ajuda a identificar as áreas de melhoria e a criar planos de ação para o sucesso futuro.

Assim como o feedback tradicional, o feedforward também pode ser um excelente aliado de atividades relacionadas à avaliação de desempenho e ao aprimoramento profissional. O gestor pode utilizá-lo como recurso para se comunicar de uma maneira diferente junto aos seus liderados, ao mesmo tempo que coleta informações valiosas sobre o desempenho desse colaborador.

Qual a diferença entre feedback e feedforward?

A principal diferença entre os dois conceitos está na direção do foco temporal e no propósito da comunicação. Enquanto o feedback avalia o desempenho passado de uma pessoa - ou projeto -, o feedforward tem uma abordagem proativa e busca melhorar o desempenho futuro.

O primeiro, geralmente, é utilizado para fornecer orientações sobre o que foi realizado corretamente e onde podem ser feitas melhorias com base no que já ocorreu. Por exemplo, quando um gerente de setor comenta sobre a apresentação de um analista: "Sua apresentação foi boa, mas a análise de dados poderia ser mais detalhada."

Em contrapartida, o feedforward fornece sugestões construtivas para ajudar o profissional a melhorar em ações que ainda não ocorreram. Levando em conta o exemplo citado anteriormente, se o feedforward fosse usado, a situação teria um viés diferente.

  • Exemplo de feedforward: “Para sua próxima apresentação, você deve aprofundar a análise de dados com informações mais detalhadas, a fim de trazer mais profundidade para a sua apresentação”.

Ao desenvolver um controle de feedforward na empresa, é possível unificar essas abordagens e identificar seus diferentes resultados da empresa. Utilizá-las em conjunto pode ajudar a fortalecer a cultura organizacional e melhorar as entregas dos colaboradores.

Conheça a nossa calculadora gratuita de e-NPS e acompanhe a satisfação e o engajamento dos colaboradores. Baixe a planilha!

Características essenciais de um feedforward

O feedforward possui diversas características que o tornam uma ferramenta valiosa, tanto para o âmbito profissional como para a vida pessoal dos colaboradores. Abaixo, destacamos as principais.

  • Foco no futuro: prioriza o aprimoramento do desempenho futuro e metas específicas em vez de revisitar o passado.
  • Proativo: oferece informações e orientações antes da execução de ações ou projetos, permitindo a preparação e a prevenção de erros.
  • Construtivo e positivo: é projetado para inspirar ações e desenvolvimento pessoal, fornecendo sugestões de forma construtiva e positiva.
  • Enfoque em áreas de melhoria: concentra-se em identificar pontos fracos ou desafios específicos que precisam ser abordados.
  • Coleta de múltiplas perspectivas: obtém feedback de diversas fontes, como colegas, supervisores, mentores ou especialistas, para uma visão abrangente.
  • Perguntas direcionadas: envolve fazer perguntas específicas às fontes de feedback para extrair informações relevantes e práticas.
  • Desenvolvimento de planos de ação: com base no feedforward, permite o desenvolvimento de abordagens de implementação concretas para a melhoria do desempenho.
  • Autonomia e controle: a pessoa que busca o feedforward tem o controle do processo e decide como utilizar as informações para seu desenvolvimento.
  • Aplicação em diversas áreas: pode ser aplicado em liderança, desenvolvimento profissional, resolução de problemas e aprimoramento do desempenho geral.
  • Complemento ao feedback: geralmente, é usado em conjunto com o feedback para obter uma visão mais completa e equilibrada do desempenho e crescimento pessoal.

7 passos para entender e fazer o feedforward funcionar

O conceito funciona como um processo proativo que envolve a coleta de informações e orientações antes de uma ação ou projeto ser realizado. A seguir, listamos 7 passos para exemplificar.

1. Identifique o objetivo ou a situação

O processo começa identificando claramente o objetivo, a tarefa ou a situação para a qual o feedforward é desejado. Pode ser um projeto complexo, uma tarefa simples ou mesmo um objetivo de desenvolvimento profissional, como melhorar as habilidades de liderança.

2. Colete informações relevantes

É fundamental reunir informações relacionadas à tarefa ou situação em questão. Isso pode incluir a identificação de desafios potenciais, áreas de melhoria ou obstáculos que possam surgir durante a execução da ação.

3. Mapeie as fontes de feedforward

As fontes de feedforward são as pessoas, grupos ou recursos que podem fornecer dados e orientações úteis. Isso pode incluir colegas de trabalho, supervisores, mentores, especialistas no assunto, entre outros.

4. Desenvolva perguntas específicas

Para obter o máximo benefício do feedforward, é necessário fazer perguntas específicas e orientadas para o futuro. As perguntas devem ser projetadas de forma a ajudar a pessoa que recebe o feedforward a identificar áreas de melhoria e soluções concretas.

Exemplos de perguntas para feedforward incluem:

  • "O que você pode fazer para entregarmos o máximo de eficiência na execução deste projeto?"
  • "Quais habilidades profissionais você acredita que deveria desenvolver para ser mais eficaz nessa função?"

5. Solicite e colete o feedforward

A pessoa que busca o feedforward entra em contato com suas fontes e solicita suas opiniões e sugestões com base nas perguntas formuladas. É essencial lembrar que o feedforward foca no futuro e no aprimoramento, portanto, as respostas devem ser positivas e construtivas.

6. Analise o comportamento e trace planos de ação

Após receber as respostas do feedforward, a pessoa analisa as informações coletadas e identifica áreas de melhoria e oportunidades para o desenvolvimento. Com base nisso, ela pode desenvolver planos de ação para enfrentar os desafios e alcançar os objetivos estabelecidos.

7. Implemente os planos de ação

O passo final é implementar os planos de ação desenvolvidos com base no feedforward. Isso envolve trabalhar ativamente para melhorar o desempenho e alcançar os objetivos estabelecidos.

5 dicas para aplicar feedforward corretamente

Aplicar feedforward corretamente envolve considerar algumas dicas valiosas para garantir que as orientações e sugestões sejam eficazes. Abaixo, listamos 5 dicas sobre como dar feedforward e um exemplo de aplicação.

  1. Seja específico e concreto: ao dar feedforward, seja claro e específico nas sugestões. Evite generalidades e forneça detalhes sobre o que a pessoa pode fazer para melhorar.
  2. Seja positivo e construtivo: mantenha uma abordagem construtiva e positiva. Concentre-se nas oportunidades de melhoria e no desenvolvimento da pessoa, em vez de apontar falhas ou criticar.
  3. Seja receptivo e empático: esteja aberto para ouvir as preocupações e perspectivas da pessoa que está recebendo o feedforward. Isso demonstra inteligência emocional em relação às necessidades e objetivos de ambos.
  4. Seja oportuno: forneça o feedforward em um momento apropriado e relevante para que a pessoa possa usar as sugestões de maneira eficaz.
  5. Ofereça soluções práticas: além de identificar áreas de melhoria, ofereça sugestões concretas e práticas sobre como a pessoa pode implementar as melhorias.

A Flash é especialista em gestão de pessoas e oferece uma plataforma completa para administrar as necessidades dos funcionários e da empresa.

Ao automatizar processos, é possível melhorar a comunicação interna e proporcionar um clima organizacional mais transparente e eficiente. Saiba mais sobre como a nossa solução de gestão de pessoas pode auxiliar a sua empresa no dia a dia.

Imagem não encontrada

Cadastre-se agora e tenha Flash na sua empresa!

Assine a newsletter

Receba em primeira mão os melhores conteúdos sobre RH direto no seu e-mail.

Imagem não encontrada
Para empresasempresa@flashapp.com.br
Para Colaboradoresfalecom@flashapp.com.br
Imprensaflash@nectarc.com.br


CNPJ 32.223.020/0001-18

Inscrição no PAT 190679531

Rua Eugenio de Medeiros, 242, Pinheiros, São Paulo/SP, CEP: 05425000.

Rua Eugenio de Medeiros, 242,

Pinheiros, São Paulo/SP,

CEP: 05425000.